(55) 8127-9570 / 8138-3980 / 9647-5105 contato@editoracafepequeno.com

Sobre

Café Pequeno vem com uma dezena de novos livros

Em menos de meio ano a Editora Café Pequeno conclui a publicação de 12 novos livros. Todos devem estar em circulação para a Feira do Livro de Santa Rosa, evento que acontecerá de 13 a 16 de maio, na Praça da Bandeira.

A empresa de Sávio Hermes, Clairto Martin e Débora Rodrigues vive um momento ímpar que demonstra a força e a pujança da literatura produzida no município. Muitos dos nomes que aparecerão com novos trabalhos são conhecidos do público, porém outros são promissoras estréias, com o a professora Raquel Carpenedo que brindará a comunidade com um “Diário Poético” ilustrado por ela mesma.

A Café Pequeno também promete surpreender os leitores pelo conteúdo de suas obras em gêneros pouco habituais entre autores regionais. Dois livros de suspense e terror vão ganhar destaque. Um vem da veia literária de Juliano Marques que produziu e ilustrou com maestria contos de terror reunidos na coletânea “Seus Pesadelos”. Outro nesta linha é “O Xis da Dúvida – o Xupa-cabra de Santa Rosa”, de autoria do renomado escritor Roque Aloisio Weschenfelder, que aposta no humor e nos leitores juvenis.

O público leitor dos ensinos Fundamental e Médio será brindado com um livro muito especial: “Era uma vez um conto… agora eu conto”. A obra reúne textos e desenhos de 13 estudantes de escolas públicas (Francisco X. Giordani, Nossa Senhora de Fátima, Poli e Cruzeiro) que integram o Projeto Jovem Autor Santa-rosense – contemplado com apoio do Fundo Municipal de Cultura. Os alunos têm encontros quinzenais e contam com suporte técnico da Editora Café Pequeno.

A editora também conclui um livro de crônicas selecionadas no acervo do advogado Aquiles Giovelli. “Registro de um tempo” é uma compilação de textos escritos nos últimos cinco anos e divididos em crônicas políticas, crônicas sociais e outros apontamentos. É seu livro de estréia.  Quem também faz estréia na Feira do Livro com livro próprio é o servidor público Vilmar Wiedergrün que escreveu “Os Sucaneiros” como forma de registrar passagens curiosas e dificuldades enfrentadas pelos funcionários da extinta SUCAM no combate ao barbeiro e ao mosquito da dengue.

A Café Pequeno assina também o livro “Nos rumos da ALMA”, da Associação Literária Mario Quintana, de Santo Cristo, uma coletânea dos escritores da entidade, mais os vencedores do concurso de poemas organizado nas escolas do município e alguns apontamentos colhidos com a terceira idade.

Embora já conhecidos, pois foram lançados recentemente, são da Editora – em parceria com seus autores – os livros “Nas margens do pensamento”, de autoria do magistral poeta Ariceu Simão Pai va, “Planalto – Revivendo Histórias” (Projeto Mais Cultura nas Escolas  – Clairto Martin) e “Anjos Feridos”, poesia de Edwino Walter Fehlauer. Está em fase final de organização uma obra “A Dé, o tempo e o mate” que reúne crônicas de Clairto Martin publicadas em jornal nos últimos quatro anos e também, do mesmo autor, em conjunto com a escritora Débora Rodrigues a segunda edição do livro “Metade Sol, Metade Lua”.

Para os meses seguintes a Café Pequeno Edições já trabalha em uma biografia do ex-prefeito de Santa Rosa Anacleto Giovelli (para julho), no livro de memórias dos 80 anos do Colégio Frederico Jorge Logemann (setembro) e no resgate histórico do Bairro Sulina, e m edição com o apoio da Escola Municipal Nossa Senhora de Fátima (setembro).  Também assinará no segundo semestre um novo livro do presidente da ASES, Magnus Langbecker, e um livro infantil da ASES – O Mágico Mundo dos Números –  a ser publicado na Jornada Literária de Santa Rosa, evento que acontecerá em setembro deste ano, no SESC.

Share This